quinta-feira, 5 de maio de 2011





Vim de lá das bandas do Rio
Pra crescer como uma flor no semi-árido
Sou Tainan, filha do sol e brilho da lua
Fui eleita flor, feita de luz e sentimentos
Na inocência da minha infância
Sonhava em mudar o mundo
Desbravar mares e montanhas
Apesar das quedas que me causou
As realidades desta vida
Nunca deixei que nenhuma ferida impedisse
Que eu vivesse a minha simplicidade
As duras experiências me trouxeram serenidade
E à medida que fui crescendo
Eu não perdi a essência da menina flor
Pés no chão, coração na lua
Sigo meu caminho sem medo de cair outras vezes
Porque hoje eu sei que isso apenas me fortalece
Sem dar ouvidos a rótulos previsíveis
Vindas daqueles que se dizem ''realistas''
Eu pergunto: Quem foi que disse que a realidade precisa ser tão dura?
Acredito que isso depende de como a tratamos
No meio dos espinhos da minha realidade
Cultivo os meus jasmins
E rego com a esperança
Na doçura da menina em mim
E se sonhar é para tolos
Então eu tenho a honra de ser uma grande tola
Perdida no mundo dos "normais".

(Tainan Silva)

5 comentários:

  1. Aqui tem poesia. Eu gosto. Voltarei sempre.

    Obrigada pelo carinho lá na alma.
    Minha alma tambem é sua.

    xero.

    ResponderExcluir
  2. Obrigada pelo carinho também!! Eu tô começando agora, ainda falta muito pra mim pegar o jeito!
    Beijos!!

    ResponderExcluir
  3. A realidade é areia que se espalha quando o pé se aconchega com carinho; mas pode ser dura se você bater com força suas pernas no chão!

    ResponderExcluir
  4. É verdade Guilherme!!! Obg Ana!!! Beijos!

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...