segunda-feira, 25 de novembro de 2013


"Sou apaixonado por abraços. Não resisto a segurança de abraços fortes, sinceros que me envolvem e sinto como se um choque de esperança me fizesse ver as coisas de outra maneira. Então, poupe-se de procurar palavras pra me agradar, de algo que me faça sorrir e me sentir melhor… Apenas me abrace, e me segure bem forte."

Caio Fernando Abreu

São as palavras que me salvam e não adianta tentar decifrar ou me traduzir através delas. Eu escrevo para os meus olhos, ou para aliviar o meu coração que anda cansado de bater torto. Ser poeta é mistério e desejo, sou refém dos meus sentimentos, não consigo olhar o mundo sem transbordar todo o meu afeto.

Denise Portes


Você está vendo só?
tão simples cair na vida de alguém
mesmo que seja de mansinho,
de pouquinho em pouquinho
até nos encontrarmos inteiros,
mergulhados, envolvidos,
na vida do outro

passa mais perto,
passa beirando meu abismo,
anda sobre a linha que nos divide,
é um risco assumido,
mas é o caminho que se percorre
para de leve, muito leve,
entrar na minha vida.

Cáh Morandi

São os meus olhos que me enchem de sentimento, sou romântica a moda antiga e por mais que muitas coisas tenham mudado no meu interior é essa essência apaixonada que me move. Eu me rasgo em lágrimas, versos, declarações e músicas. Eu sou encantada por seres humanos. São os momentos mágicos da vida que fazem acreditar no caminho e na certeza do que viemos fazer aqui.

Denise Portes

quinta-feira, 7 de novembro de 2013




“Encontros preciosos não são necessariamente os que nos trazem jardins já floridos. São, um bocado de vezes, aqueles que nos ofertam mudas.” 

Ana Jácomo



"Que seus pés possam te levar aonde sua alma deseja ir. 
O caminho traçado pelo nosso coração é, sem dúvidas,
o melhor..." 

Wanderly Frota

segunda-feira, 4 de novembro de 2013





"Quer saber quem sou?
Basta olhar para o céu estrelado e me conhecerás!
Quer entender meus pensamentos?
Basta conectar-se com a natureza que entenderás!
Quer saber o que passa no meu coração?
Basta olhar em volta e sentir a beleza da natureza, a leveza de um pássaro voando,
a ternura de uma gata amamentando...
Quem sou?
Ahhhh sou tudo e ao mesmo tempo nada...
Sou peregrina nesta estrada..." 

Andréia Hermann

"Alague seu coração de esperanças, mas não deixe que ele se afogue nelas. Se achar que precisa voltar, volte! Se perceber que precisa seguir, siga! Se estiver tudo errado, comece novamente. Se estiver tudo certo, continue. Se sentir saudades, mate-a. Se perder um amor, não se perca! Se o achar, segure-o!"

Fernando Pessoa



“Mas às vezes, encontrar a luz, significa passar por uma grande escuridão.”

 Um Homem de Sorte


Às vezes basta que sejamos um só momento de atenção para resgatarmos o outro de profundas solidões, ou, às vezes basta que sejamos qualquer palavra para reavivar no outro distantes mas possíveis esperanças. Às vezes basta trazermos um só lampejo para que o outro possa se vestir de luz. Com muitos nomes a Vida nos visita e nos pede atenção justamente quando não esperamos por ela, imaginando uma outra dela que nos mereça mas, não nos acontece. Talvez seja por isso que as nossas alturas, ainda que lá embaixo nos encontremos, nos alcancem. Há insuspeitos pedaços de nós que por tantas vezes ignoramos - ou consideramos migalhas que não nos servem - mas que são do tamanho suficiente para salvar o dia e o amanhã de alguém, ou relembrar a nós mesmos de adormecidas inteirezas. E abandonamos saber desta plenitude pelo olhar acostumado às repetições do dia-a-dia que nos aponta sempre a mesma direção e as mesmas esquinas e envelhecidos sonhos, distraindo-nos dos triviais milagres que sabem as flores e que nos acontecem o tempo todo neste mundo. Anestesiados pelo mais do mesmo e pelos desbotados amores que colecionamos, deixamos nós de colorir, virando as costas às mágicas mas reais dimensões da Vida, onde o destino é bem-querer, o outro é sempre laço, um desencontro sempre semente e a felicidade sempre um convite.

Guilherme Antunes

quinta-feira, 7 de março de 2013






Sentimentos ilhados
Eu, você
O silêncio
O encanto quebrado
Em minúsculas partículas
Feito poeira no vento...

Tainan Silva





me deixa ir
não prenda meu amanhã
na tua incerteza

já que tua idéia muda
a cada segundo
se me ama ou não
ao menos me poupe
de dias longos
dois a dois na solidão

deixa nossos dedos
se descruzarem
nosso olhar se desenfeitar
ao menos quero
te guardar
no instante da
primeira vez

Cáh Morandi
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...