terça-feira, 1 de abril de 2014




Há quem acredite que os dias são todos iguais,
vestidos com a roupa surrada da mesmice, mas o inesperado tem a sutileza de nunca usar o mesmo perfume.

Renata Fagundes

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...